• Vinho Magazine

Redescobrindo o Chile

A vinícola chilena De Martino pesquisou 34 regiões vinícolas em busca da melhor adaptação entre cadaa uva e seu terroir

POR DR. DANIEL PINTO

DANIPIN@UOL.COM.BR

A vinícola chilena De Martino foi fundada na Isla de Maipo, a 50km de Santiago, em 1934. O Valle Del Maipo fica entre entre a Cordilheira dos Andes e o Oceano Pacífico e permite que a De Martino trabalhe com a orientação em vinhos orgânicos desde 1998, sendo oficialmente certificados desde 2001.

Entendem por vinho de origem aquele produzido com uvas provenientes de uma zona delimitada geograficamente, com características de clima e solo que conferem peculiar tipicidade. A De Martino enquadra esses vinhos na linha Legado. Havendo especial interação do vinhedo com seu entorno tratam-no então como vinho de terroir dotados de uma personalidade única fazendo nesse caso parte da linha conhecida como Single Vineyard.

Os visitantes são recepcionados com grande amabilidade em sua belíssima construção de estilo toscano onde provam os vinhos em aconchegante salão de degustação graciosamente decorado.

A Viña De Martino é pioneira no trabalho com a cepa Carmenère, tendo sido a primeira que em 1996 a elaborou e etiquetou um vinho visando o mercado exterior. Atualmente ostenta o galardão de elaborar um dos melhores produtos chilenos com a Carmenère, reconhecimento expressado nos vários prêmios conquistados tanto no Chile como em outros países.

Há aproximadamente 14 anos a equipe da vinícola De Martino percorre o Chile de norte a sul buscando os solos mais adequados para cada uma das variedades com que trabalha,

chegando a vinificar uvas de mais de 350 vinhedos diferentes, mapeando os locais mais adequados a cada uma delas. Nesse caminho, um desses locais pesquisados foi o Valle Del Limari, sub-região de Coquimbo, pertencente à Zona Centro-Norte, onde se desenvolve a agricultura, sobretudo a fruticultura, com destaque especial para a uva de mesa, e também variedades viníferas, que se destinam em grande parte, à produção de Pisco (Muscat), um aperitivo de fama internacional que também é produzido no Peru, país que disputa com o Chile a primazia pela criação desse destilado de uvas.

Trata-se de zona que até pouco tempo não produzia vinhos expressivos, panorama que vem mudando celeremente pela presença de produtores renomados, alcançando posições de destaque no cenário nacional e internacional.

Além do solo aluvial muito adequado ao plantio da videira, a região possui um clima extremamente propício à instalação de vinhedos, recebendo a brisa fresca do Oceano Pacífico, do qual se distancia por apenas 19 km, aproveitando as benesses da famosa Corrente de Humboldt, de águas frias. O índice pluviométrico não ultrapassa os 100 mm/ano.

DE MARTINO OLD VINES

FIELD BLEND LIMÁVIDA 2011


O vinho foi produzido com uvas Malbec (85%), Cabernet Sauvignon e Carmenère (15%), advindas de um vinhedo em Cauquenes, Valle de Maule, com idade de aproximadamente 60 anos, cultivado em pé franco em solo granítico de baixa fertilidade. A fermentação foi feita em conjunto com estágio em foudres de madeira de 5 mil litros por 2 anos. Teor alcoólico de 13,7%.

ANÁLISE VISUAL - Escuro, violáceo profundo.

ANÁLISE OLFATIVA - Irradia frutado copioso com predominância de frutas negras. No decorrer da prova exala especiarias doces e toque mineral, lembrando grafite. Toques balsâmicos, defumados e fazendo lembrar ainda couro cru.

ANÁLISE GUSTATIVA - Impressão gustativa marcada destacada estrutura, envolta em vibrante acidez, taninos marcantes e finos, com foco na elegância, transmitindo agradável sensação de frescor com final longo de alcaçuz.

AVALIAÇÃO 93/100

PREÇO R$ 147,00

DECANTER 11 3702 2020

1 visualização
  • White Facebook Icon

Leia nossa revista pelo

Go read.png
  • White Instagram Icon

Join Our Mailing List

  • White Facebook Icon