• Vinho Magazine

Vins del Massis

Benjamin Romeo e sua Bodega Contador usam métodos naturais para elaborar alguns dos melhores brancos do mundo

POR DR. DANIEL PINTO

O vinho é uma obra de um vitivinicultor especial, o espanhol Benjamin Romeo, quer pelos ideais, quer pela aparência física de figura simpática à primeira vista, bonachão, simples, sempre coberto por imprescindível boné à moda antiga e de cores variadas. Pode-se dizer sem medo de errar que ele configura inequivocamente o que se convencionou chamar de “tipo inesquecível”. Seus ideais incorporam grande apreço pela natureza e pelo trabalho com o vinho, sempre utilizando métodos naturais, sendo inclusive um apaixonado por leveduras selvagens.

Sua vinícola-sede fica na Rioja Alta espanhola, na Sierra Cantabria, chamada Bodega Contador.

Foi criada em 1995 e seu carro-chefe é um tinto de Tempranillo de nome Contador, alvo de degustação de Robert Parker, que o pontuou com a nota 100. Diga-se, por curiosidade, que havia sido convidado pelo degustador para a prova nos Estados Unidos, à qual declinou por estar muito ocupado em seu trabalho.

A bodega Contador foi originada pela compra de um vinhedo centenário na Rioja junto ao Castelo de San Vicente de la Sonsierra. Desse tempo foi agregando outras vinhas por meio de compras bem sucedidas. Iniciou seus trabalhos pela utilização de uma garagem, berço inicial de seu primeiro vinho, em 2001, crescendo nos anos seguintes, e com grande êxito em 2004 e 2005. A construção da vinícola terminou em 2008 numa estrutura de três terraços reproduzindo em degraus a inclinação do terreno, configuração que atua facilitando a elaboração do vinho por gravidade. O cultivo segue a condução das videiras em “vaso”.

Ampliando os horizontes de sua visão marcada pelo sucesso, Benjamin se associou a um projeto na Catalunha, em Olesa de Bonesvalls, pequena província de Barcelona com pouco mais de 1500 habitantes, onde criou o fabuloso vinho branco Macizo, além de Massis.


MACIZO 2010

Se o desejo é um vinho branco complexo, elegante, intrigante e rico de nuances diferentes do tradicional, esse vinho é o Macizo. Composto das uvas Xarel-lo e Garnacha Blanca na proporção de 50%, colhidas desde um vinhedo de 80 anos, sofrendo fermentação em barricas de carvalho de 300 litros, 50% delas novas. Após a fermentação, o vinho permanece em estágio de seis meses nas pipas, tudo isso contribuindo para maior complexidade olfativa, trunfo especial na qualidade desse vinho da Catalunha.

ANÁLISE VISUAL - Coloração tendendo para o amarelo citrino brilhante, vivo e transparente.

ANÁLISE OLFATIVA - As frutas lideram o aroma exuberante, sob o comando daquelas de origem tropical de caroço, em adiantado amadurecimento, confundindo com frutas secas como figo, especiarias doces, com intrigante toque de chá de camomila.

ANÁLISE GUSTATIVA - Destacada cremosidade é o tom principal, associada ao volume de boca potente e estruturado, sem abrir mão da acidez que traduz frescor, além da equilibrada elegância. O final é longo e deixando subscrita a impressão do chá de camomila.

AVALIAÇÃO 93/100

PREÇO R$ 179,00

PREMIUM 34 3282 1588 / 11 2574 8303

1 visualização
  • White Facebook Icon

Leia nossa revista pelo

Go read.png
  • White Instagram Icon

Join Our Mailing List

  • White Facebook Icon